Buscar
  • Aline Rigo

10 dicas para ressignificar memórias limitantes para sua carreira


Dicas sobre ressignificar memórias limitantes para vida profissional

Para entendermos melhor o processo chamado de ressignificar, vamos conhecer um pouco sobro o “imprint”. O “imprint” é uma formação de crença ou conjunto de crenças derivadas de uma experiência significava do passado. Essa crença gera um padrão de pensamento, emoção e comportamento. Muitas vezes essa estrutura subjetiva não gera o resultado que a pessoa deseja. Por isso essas crenças são chamadas de limitantes.

Sumário do Post

Viagem ao passado até o fato gerador


Muitas memórias podem ser traumáticas e o profissional que se encoraja a fazer uma viagem ao passado para descobrir e mudar o fato gerador do comportamento limitante do presente, tem que estar preparado. Algumas memórias de experiências traumáticas são insuportáveis para a pessoa. No entanto, a maioria delas não passa de generalizações da mente que interpretou de uma forma errada ou deu muita importância ao fator negativo da experiência.


Neste artigo vamos tratar de memórias relacionadas a pessoas que exerceram liderança ou influência sobre nossa vida, como por exemplo, pessoas da família, amigos e pessoas do convívio social. São esses os que mais geram memórias e crenças que passam a limitar o desempenho do profissional que precisa de ajuda.


Como acontece um ‘imprint”


O “imprint” acontece de duas formas. Uma forte emoção ou através da repetição. Somos sugestionáveis e algo repetido muitas vezes vira uma verdade (crença). Essa crença é um padrão ou programa que direciona nossa vida. Esse programa vai rodar na mente da pessoa como se fosse uma verdade absoluta e dirigir o seu comportamento com a ajuda das emoções. Eles criam um “modus operandi” para o cérebro, limitando as ações, ou gerando comportamentos indesejados. Esses programas também são acionadores de mecanismos de compensação.


O que é uma crença limitante


Crenças são generalizações que usamos para perceber as coisas e os acontecimentos. Elas são nossas verdades absolutas e autorrealizáveis, porque trabalhamos de forma inconsciente para realizá-las. Muitas delas fazem a pessoa se auto boicotar gerando resultados que não deseja conscientemente.


Ressignificar para mudar a memória limitante


Esses significados que damos para as experiências passadas que viraram nossos programas internos, podem ser resinificados ou reprogramados com técnicas de coaching com PNL. Aqui não é minha intenção mexer com experiências muito traumáticas as quais as pessoas sabem que não conseguirão lidar sozinhas em casa.


Como coach de carreira, minha intensão com este artigo é chamar a atenção para a história pessoal de cada um e o que pode estar limitando seu desenvolvimento e resultado. Neste post busco tratar memórias que geram comportamentos prejudiciais no ambiente corporativo. Na maioria das vezes a pessoa não consegue alterar esse sentimento pelo simples esforço intelectual. No final deste post, dou 10 dicas para você ressignificar memórias limitantes.


Será que o tempo apaga essas memórias limitantes?


Muitas pessoas se conformam com a ideia de que algumas memórias prejudiciais vão se apagar com o tempo. Logicamente, alguns comportamentos e sentimentos que foram gerados por significados do passado, enfraquecem com o tempo. Conforme a pessoa amadurece, se desenvolve e cresce intelectualmente. Por exemplo, a timidez, a fobia social, a insegurança.


Elas muitas vezes diminuem quando a pessoa fica mais velha e passa a não dar tanta importância para algumas coisas ou o que as pessoas pensam a seu respeito. Porém, a maioria das memórias limitantes acompanha a pessoas toda a vida.


Muitas vezes a pessoa depois de adulta passa a repetir aquele comportamento que reprovou no passado. Como por exemplo, fazer exatamente o que ele reprovava no pai.


O que marcou você?


Muitas memórias que marcam vêm de quem a pessoa confia. Por exemplo, o pai que fala para o filho que ele não é bom o suficiente, que o filho não vai ser nada na vida, ou que ele é burro. Pasmem, mas isso acontece.

Outras memórias podem vir da mãe ou de líderes. A mãe que disse algo a respeito do parto, fazendo com que a filha passe a acreditar que veio ao mundo através da dor. Um chefe ou líder que chama o integrante da equipe de incompetente, que fala para o colaborador que ele não serve para aquela profissão.


Todos esses fatos possuem uma carga emocional muito grande. Ainda mais se forem repetidas várias vezes. Por isso imprimem na mente da pessoa como se fossem verdades (crenças).


10 dicas para ressignificar memórias limitantes


O “reimprint” ou ressignificar é uma técnica que permite caminhar mentalmente até a experiência geradora do comportamento, crença ou sentimento. Ressignificar é dar um novo significado para a experiência passada. Reduzir a carga emocional ou eliminar a sugestão aceita através da repetição. Quando alteramos essa estrutura subjetiva que prejudicava seu desempenho o resultado pode ser fantástico.


Essas 10 dicas vão ajudar você a ressignificar memórias que prejudicam seu desempenho no trabalho. Elas não substituem o trabalho do coach ou especialistas na área de desenvolvimento humano. Porém, elas podem ser muito úteis para aqueles que querem mudanças significativas na sua vida profissional.


#Dica 01 - Reconhecer a emoção

Reconheça qual a emoção que está sendo gerada por aquele fato gerador (memória). Desta forma você pode aprender a controlar suas emoções e reações no ambiente de trabalho.


#Dica 02 - Perceba a intenção positiva

Todo comportamento por pior que seja, tem uma intenção positiva para a pessoa. Por exemplo, o pai ríspido com o filho, na intensão positiva dele é proteger o filho. Isso pode ter sido interpretado pela criança que o pai não tinha amor. Olhe não para o significado que você deu, mas para a intenção positiva do pai.


#Dica 03 - Agradeça

A gratidão é muito poderosa. Agradeça esse sentimento e deixei-o ir embora. Ele talvez lhe trouxe alguma compensação secundária e é difícil de se desapegar. Mas deixe que vá para abrir espaço para coisas novas.


#Dica 04 - Perdão

Perdoe quem você entendeu que prejudicou você. O perdão é uma ferramenta poderosíssima para alcançar a paz de espírito. As pessoas não fazem as coisas erradas com intenção de fazer. Muitas vezes é só uma interpretação errada que você fez e está prendendo pessoas em um sentimento de culpa.


#Dica 05 – Pense nos contraexemplos

Ache contra exemplos relacionados ao fato gerador. Por exemplo, se você não ganhou a bicicleta que tanto desejava quando criança encontre em suas memórias outras coisas que você ganhou.


#Dica 06 - Use a imaginação

A imaginação usa o mesmo circuito neural da experiência real. Use esse recurso para imaginar outras situações que poderiam se engraçadas, divertidas e amorosas para reduzir a carga emocional sobre aquele fato ou experiência que lhe traz uma memória limitante.


#Dica 07 - Troque de posição perceptiva

Imagine a cena de outro ângulo, como um observador que olha de fora a experiência vivida. Depois troque de posição com a outra pessoa envolvida e por último volte para a sua posição e experimente a sensação. Você vai perceber as emoções diferentes e perceberá outros significados para a mesma experiência. Esse é um excelente exercício para resolução de conflitos, tanto internos ou entre pessoas.


#Dica 08 – Faça Limpeza emocional

Pratique técnicas de limpeza emocional como ho’oponopono, EFT (Emotional Freedom Techniques) ou meditação com reflexão.


#Dica 09 - Mude sua linguagem interna

Quanto mais você fala ou pensa mais reforça o “imprint” do fato gerador do comportamento. Comece a anotar o que você fala consigo mesmo antes do comportamento prejudicial e mude essa linguagem interna.


#Dica 10 - Crie uma nova crença

Construa uma nova crença fortalecedora para colocar no lugar da antiga e vai enfraquecendo a antiga enquanto alimenta a nova. O autoconhecimento traz liberdade de escolha. Você pode escolher o que vai acreditar daqui para frente.


Espero ter ajudado você com este tema. Se você gostou, compartilhe!


#ressignificação #coachingdecarreira #coaching


35 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Toda semana conteúdo NOVO de qualidade para você. Desenvolvido para o seu crescimento pessoal e profissional.